O Kung Fu não é somente uma técnica de defesa pessoal. Sua riqueza histórica foi criando e desenvolvendo lições que são exploradas na sua prática ao longo dos tempos. Os benefícios são uma combinação de melhora física e mental.Em suma, pode-se dizer que o Kung Fu é ótimo para o bem do corpo e equilíbrio da mente, já que em paralelo às práticas das técnicas, o aluno é incentivado a conhecer a cultura filosófica que suporta esta arte marcial milenar e percussora das demais.

A prática associada a uma alimentação saudável e balanceada também potencializa o processo de emagrecimento, caso esse seja um dos objetivos. Mesmo no caso contrário, para quem precisa ganhar massa muscular, a atividade também é indicada. Ou seja, para perder, ganhar e até mesmo regular o peso, conte com o Kung Fu.

Por envolver socos, chutes, saltos e ampla repetição de exercícios que estimulam a força do praticante, a imagem do Kung Fu foi popularizada apenas nas vantagens físicas. Porém, os atributos mentais não devem ficar em segundo plano e também podem ser desenvolvidos através dessa arte marcial, sendo muitas vezes mais importantes.

Sustentando todo o trabalho físico duro que o Kung Fu pede se encontra, essencialmente, a disciplina. E é através dela que os demais ganhos mentais aparecem. São muitos os casos de mudança e transformação de comportamento de uma pessoa antes e depois de iniciar a prática. Se a expectativa inicial com o Kung Fu é brigar, logo na primeira aula essa energia é canalizada para respeito, disciplina e compaixão com os companheiros de turma.

Jovens e Adultos

O poder do Kung Fu é proporcionar essa habilidade de defesa, ao mesmo tempo em que trabalha a confiança e a disciplina, para que as técnicas tenham sucesso e sejam usadas em cenários estritamente necessários e não levianamente. Pela sua abrangência de técnicas, acaba sendo uma arte bastante prática e efetiva.

O Kung Fu pode ser procurado por um perfil que é atraído pela ideia de combater o estresse do dia a dia. Seu ambiente é mais leve e capaz de expelir as tensões do cotidiano e oferecer lições de liderança, ética competitiva e melhora física de forma geral.

Crianças

Numa fase em que o corpo muda bastante, a compreensão corporal e os trabalhos de coordenação motora e equilíbrio são ótimos aliados. Isso, claro, sem falar das melhoras na disciplina e respeito ao próximo, citadas anteriormente.

Idosos

Para essa faixa etária, a prática é ótima para a manutenção de um bom vigor físico e da sensação de vitalidade através de um treinamento lúdico que estimula corpo e mente. O esporte é um aliado contra a osteoporose e melhora o equilíbrio, dando mais sustentação e firmeza contra acidentes mais comuns nesse grupo de pessoas.

Melhora o condicionamento físico

O Kung Fu, além de ser uma arte marcial, é uma atividade física. Sendo assim, dentro das aulas encontramos uma grande variedade de exercícios que fortalecem o corpo de forma completa, isso significa que você vai ganhar massa muscular, agilidade, coordenação motora, fôlego e flexibilidade além de auxiliar no fortalecimento do corpo e na coordenação motora;. Tudo isso acontece gradualmente, na medida em que o aluno aprende mais conteúdos marciais.

Desenvolve a mente

Para aprender as técnicas milenares das artes marciais chinesas é preciso muita atenção, e este é um dos focos principais desta arte, melhorar a atenção e senso de percepção, além de ampliar o senso de espaço e direção.

Kung fu relacionado a parte mental tem inúmeros benefícios uma vez que aprimora os reflexos; Permite a interação com outros praticantes incentivando a inclusão social; Proporciona o auto-conhecimento; Estimula a autoconfiança e Auxilia no melhoramento do equilíbrio emocional.

Alivia o estresse

Podemos associar a fuga de perigos/ busca de alimentos com a liberação de adrenalina, um neurotransmissor que prepara o corpo para grandes esforços. Após o perigo passar, ou quando o alimento é encontrado, há a liberação de endorfina, outro neurotransmissor, que é liberado quando terminamos uma tarefa estressante, principalmente exercícios físicos.

O estresse aparece quando não concluímos esse ciclo. A prática, ajuda a reduzir o estresse do dia-a-dia. As aulas são, com toda a certeza, uma válvula de escape para a mente. As lutas trabalham o contato corpo a corpo e grandes descargas de adrenalina e energia, são descarregadas, principalmente durante os aquecimentos.Essa é a oportunidade perfeita para deixar as emoções ruins se esvaírem com o suor do corpo e aliviar a tensão.

Os exercícios de concentração e paciência também importantes para ajudar a controlar o estresse. Após uma boa aula de luta, a calma e o equilíbrio darão a sensação de bem-estar que as pessoas tanto procuram no seu dia-a-dia.

Estimula o cultivo de virtudes

As artes marciais tem um benefício adicional de ser mais que um exercício físico. Encontra-se uma preocupação muito grande com a ética de seus praticantes. Assim, todos os alunos e mestres encaram o cultivo de virtudes como algo inerente ao treinamento.Ter coragem e perseverança para enfrentar as adversidades é só um exemplo da importância de melhorar não só o corpo e a mente, mas também nossa própria forma de agir dentro e fora do tatame.




“O que você sabe não tem valor; o valor está no que você faz com o que sabe. “


Bruce Lee

Shares
Share This