Sobre nós


Ou você faz
Uma coisa bem feita ou não faz



Adquiri muitas experiências que me trouxeram inúmeros aprendizados, dentre os esforços, os resultados mais visíveis são; agilidade, concentração e paciência.

Lian Hua Long - Natasha - Aluna

 

A Escola Marcial Família Long nasceu no dia 01 de Abril de 2007 sob a coordenação do Professor Júlio César que recebeu auxilio dos Mestres Gilberto Cabral e Sandra Maria, pessoas estas que ajudaram muito no começo com ideias do projeto.

Professor Júlio sempre teve como objetivo criar mais do que só uma equipe marcial, mas sim um grupo unido, uma família, por isso o nome Família Long. (Long 龍 em mandarim significa Dragão). O Estilo ensinado na escola é o Long Xing Quan da Linguagem do Mestre Lam Ying transmitido até nosso Professor Júlio César, do qual se dedica muito no ensino desta arte e em manter a cultura chinesa viva mesmo nos dias agitados do presente.

Em todos estes anos as conquistas foram muitas, apresentações fizeram com que a cidade nos conhecesse e assim podemos levar a arte do Kung Fu e Tai Chi Chuan para os eventos da cidade. Logo após várias conquistas em campeonatos e apresentações a ideia foi expandir nossos valores levando a cultura chinesa para os bairros mais necessitados da cidade, e ai nasce os Projetos Sociais FL, projetos estes que tiveram destaques na mídia. Em todos estes anos a conquista mais eficaz em nosso trabalho é levar paz, alegria e o espírito marcial para as pessoas.


Tradição &
Historia


Genealogia de Formação de Artes Marciais Família Long - Sistema Internacional Wushu Kung Fu Tradicional e Olímpico

1 Grão Mestre Tai Yuk
(in – memoriam) – Criador do Estilo Long Xing Quan
2 Lam Kwai Yui– Discípulo do Grão Mestre Tai Yuk – (in – memoriam) – Difundiu o Estilo do Dragão
3 Grão Mestre Linden Hammar (in – memoriam) Guiana Inglesa - Georgetown
4 Grão Mestre Looknaut Misir – Stanley Guiana Inglesa - Georgetown
5 Mestre Norberto Noburo Arakawa – Brazil
6 Grão Mestre Tian Sen Ping – China
7 Mestre Léo Imamura – BRAZIL.
8 U.I.A.M.A - Inion Interncacional de Artistas Marciales del America – Argentina – Bueno Aires.
9 Grão Mestre Gilberto Cabral da Costa – Brazil - Representante Oficial do Estilo – Registro Internacional – U.I.A.M.A n.º 161 – 2 – 10 – 9 – 2000 Presidente IBAMC.
10.Shifu Júlio César Maia – Brasil – Representante Oficial do Estilo em Jundiaí -SP
Fonte I.B.A.M.C


"Quando Beber Água, Lembrar da Fonte"


  • Adriano
    FAMILIA LONG,  aqui aprendi a verdadeira disciplina tanto na arte do kung fu quanto na vida. O Kung-Fu me ajudou a focar mais em meus estudos, me ajudou a traçar outros caminhos na realidade que vivia no morro em meio a violência e drogas hoje sou grato a meu Mestre/Shifu, conselheiro e Amigo Julio Cesar por ter me ensinado mostrando a verdadeira arte do Kung-Fu, pois junto a ele me comprometi a treinar corpo e espírito para a paz. Hoje a Equipe Família Long é bem mais que uma equipe de arte marciais aqui temos um diferencial nós tratamos realmente como uma Família e como toda família nos respeitamos, vencemos e perdemos juntos.
    Adriano
    Aluno 2ª Fase
  • Sou o Alan Mike, comecei meus treinamentos aos 13 anos, hoje tenho 22 anos e posso dizer que o Kung Fu salvou a minha vida. Eu jogava futebol todos os dias de domingo a domingo, até que fiz um exame que deu um pequeno problema em uma das veias principais do meu coração. Se eu corresse de mais e meu coração acelerasse muito poderia rasgar essa veia e me dar sangramento interno na hora e em questão de horas eu estaria morto, Sai do médico tão assustado que eu andava como uma tartaruga de tanto medo de romper a minha veia do coração (rsrsr), mas em fim, parei de jogar futebol. Depois de alguns meses meus amigos de escola começaram a praticar aos fins de semana na escola um tal de Kung Fu, resultado, me chamaram e eu fui. Ai acabei começando meio que por influência dos meninos, porém depois de um ano treinando fiz o mesmo exame e o doutor me disse que meu problema havia desaparecido por completo e que eu esta muito bem de saúde. Fiquei ate assustado (rsrs). Percebi que era por causa do Kung Fu, então disse para mim mesmo: “é aqui que eu vou ficar”. Na pratica do Kung Fu é feita muitas respirações e isso me ajudou muito. O controle emocional também. Fora que eu ganhei uma segunda família em minha vida. Aconselho muitas pessoas a praticarem. Vale a pena ! Um grande abraço !
    Alan Mike
    Instrutor
  • Treinar na Família Long é uma satisfação, cada um que lá treina o faz por um motivo, e assim mesmo falamos todos a mesma língua. Seja por uma prática saudável, por aprender defesa pessoal, por manter uma mente mais atenta ou por outra motivação, todos estamos lá e nos interagimos muito bem. Não apenas focando na prática corporal, lá também aprendemos a essência da arte marcial, sua origem e curiosidades da cultura oriental. E embora não treinamos exclusivamente para competir, nossas participações em campeonatos já nos renderam várias medalhas. Somos amigos tanto dentro da equipe quanto fora dela, pois vamos ao cinema, a eventos, enfim, somos um time completo.
    Rômulo Henrique
    Instrutor
  • Eu, Lian Hua Long, me sinto realizada ao praticar esta incrível arte,  nos treinos noto que não há preocupação alguma com o mundo afora, tenho em mente somente o momento,  não importa os problemas alheios, somente a hora do treino é o meu foco, é o local onde posso “explodir” e ao mesmo tempo relaxar.  Adquiri muitas experiências que me trouxeram inúmeros aprendizados, dentre os esforços, os resultados mais visíveis são;  agilidade, concentração e paciência. Estar entre meus irmãos de treino é mais que estar entre amigos, somos realmente uma família grande e unida!! Aos poucos aprendemos também a sermos responsáveis, ao me tornar instrutora percebi o quanto é importante prestar atenção nos pequenos detalhes da aula e o modo que darei a aula, tendo em mente os possíveis acidentes. Enfim, o treino sempre fará parte de minha vida, o amor e admiração que sinto pelo mesmo, é imensurável.
    Natasha Giovana
    Aluna - 4ª Fase